Áreas de atuação do Biomédico

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Áreas de atuação do Biomédico by Mind Map: Áreas de atuação do Biomédico

1. Análise Bromatológica

1.1. Está apto a atuar no controle da gestão dos sistemas de saúde, para verificar sua conformidade com os padrões estabelecidos ou detectar situações que exijam maior aprofundamento; avaliação da estrutura dos processos aplicados e dos resultados alcançados, para aferir sua adequação aos critérios e parâmetros exigidos de eficiência, eficácia e efetividade.

2. Biologia Molecular

2.1. O biomédico habilitado em biologia molecular está apto para realizar coleta de material e análise de sua composição molecular. Além disto, este profissional está capacitado para desenvolver perícia, emitir e assinar laudos e elaborar pareceres técnicos.

3. Sanitarista

3.1. O Profissional habilitado está apto para atuar nas mesmas áreas da Saúde Pública, com ênfase nos departamentos de Vigilância Sanitária, Epidemiologia e Zoonoses.

4. Acupuntura

4.1. Acupuntura é uma das áreas de atuação da Biomedicina que possibilita ao biomédico realizar atendimento e aplicar as técnicas para promover a saúde dos pacientes em consultórios de acupuntura.

5. Análise Ambiental

5.1. Realizar procedimentos para análise microbiológicas e físico-químicas das condições da água e esgoto, emitir relatórios e pareceres e se responsabilizar pelo tratamento do meio ambiente.

6. Banco de Sangue

6.1. Podem assessorar e executar trabalhos específicos e relacionados ao processamento semi-industrial e industrial do sangue e correlatos. Estes profissionais estão capacitados a executar procedimentos técnicos de banco de sangue, transfusão, infusão de sangue, hemocomponentes e hemoderivados, além de realizar análises hematológicas pré e pós-transfusionais.

7. Bioquímica

7.1. A habilitação em Bioquímica permite a realização de análises biológicas e químicas de organismos vivos, principalmente para auxiliar pesquisas em biotecnologia (produção de enzimas e desenvolvimento de biocombustíveis)

8. Citologia Oncótica

8.1. Realização de colheita de material cérvico-vaginal (exceto realizar coleta de material através da técnica de Punção Biópsia Aspirativa por Agulha Fina – PAAF) e análise das amostras; análise de material celular resultante de PAAF; análise de amostras de produto de raspados, escovados, aspirados de qualquer tecido ou área do corpo humano, por meio de métodos, marcações e colorações padronizadas.

9. Docência e pesquisa (Biofísica, Virologia, Fisiologia, Histologia Humana, Patologia, Embriologia, Psicobiologia)

9.1. Poderá exercer a docência em instituições de ensino em disciplinas na qual o mesmo tenha sido capacitado. O Biomédico também poderá ser responsável por pesquisas na área na qual o mesmo for habilitado e em pesquisa clínica em hospitais e em instituições de ensino.

9.1.1. As habilitações em pesquisa são: Biofísica, Virologia, Fisiologia, Psicobiologia, Embriologia, Histologia Humana e Patologia.

10. Estética

10.1. Utiliza métodos e técnicas invasivas não-cirúrgicas (minimamente invasivas). O biomédico esteta aplica as técnicas para as disfunções estéticas corporais, faciais e envelhecimento fisiológico relacionados à derme e seus anexos, tecido adiposo e metabolismo.

11. Fisiologia do Esporte e da Prática do Exercício Físico

11.1. O fisiologista esportivo e da prática do exercício físico, pode atuar diretamente com o cliente ou como parte da comissão técnica de equipes e na indústria, oferecendo a retaguarda científica nas áreas das ciências do esporte, baseada na monitorização de indicadores fisiológicos e bioquímicos do desempenho no exercício.

12. Genética

12.1. Podem realizar procedimentos para a identificação de fragmentos de DNA, utilizando-se, para isto, de técnicas de citogenética, como culturas celulares, preparações e análises citológicas. O Biomédico Geneticista pode emitir e assinar laudos, realizar consultorias na área, atuar como aconselhador genético e atuar em pesquisa genética.

13. Imagenologia

13.1. podem realizar exames de imagem com as mais diferentes técnicas, como tomografia computadorizada, ressonância magnética, medicina nuclear, radioterapia, ultrassonografia e radiologia médica, excluída a interpretação e emissão de laudos.

14. Imunologia

14.1. Esta habilitação permite que o profissional Biomédico realize as análises do sistema de defesa do organismo humano (leucócitos) visando a identificação e classificação dos agentes patológicos para estudo, desenvolvimento e aperfeiçoamento de vacinas.

15. Microbiologia de Alimentos

15.1. Estão aptos a realizar análises microbiológicas para a indústria alimentícia, restaurantes, cozinhas industriais. Estes profissionais podem coletar materiais, apontar focos de microrganismos patogênicos e má-conservação de alimentos.

16. Gestão das Tecnologias de Saúde

16.1. O profissional que optar por esse campo de atuação será responsável técnico pela elaboração e implantação do plano de gerenciamento das tecnologias utilizadas na prestação de serviços de saúde.

17. Parasitologia

17.1. A habilitação em Parasitologia permite ao profissional o desenvolvimento de pesquisas, a identificação de parasitas para o diagnóstico clínico e fornece auxílio nos programas governamentais de saneamento para erradicação de doenças e educação sanitária.

18. Perfusão Extracorpórea

18.1. O apoio às cirurgias cardíacas também pode ser realizada por biomédicos especialistas em circulação extracorpórea. Assim, o Perfusionista realiza o procedimento e monitora seus parâmetros, tais como a oxigenação, temperatura, pressão arterial, volemia e a coagulação sanguínea.

19. Radiologia

19.1. podem realizar exames de imagem com as mais diferentes técnicas, como tomografia computadorizada, ressonância magnética, medicina nuclear, radioterapia, ultrassonografia e radiologia médica, excluída a interpretação e emissão de laudos.

20. Reprodução Humana

20.1. Esta habilitação permite ao profissional a realização de análises de identificação e classificação oocitária, processamento seminal, espermograma, criopreservação seminal, classificação embrionária, criopreservação embrionária, biópsia embrionária e Hatching, entre outras técnicas que permitam a reprodução assistida.

20.1.1. O biomédico habilitado em reprodução humana também pode atuar na área de embriologia, em banco de sêmen, e efetuar a manipulação de gametas e pré-embriões, além de assinar laudos e assumir a responsabilidade técnica do laboratório.

21. Saúde Pública

21.1. O Profissional habilitado está apto para atuar na identificação, elaboração e implantação de projetos e programas que promovam o equilíbrio da saúde e bem estar da população em geral.

22. Toxicologia

22.1. O profissional habilitado está apto a atuar nas áreas Forense, Ambiental, Analítica, Ocupacional e Experimental, as quais têm como objeto de estudo os efeitos adversos das substâncias químicas sobre os organismos.

22.1.1. Apresenta como principais atividades a quantificação dos agentes toxicantes em diversas matrizes, sendo estas biológicas (sangue, urina, cabelo, saliva, vísceras, etc.) ou não (água, ar, solo).

23. Informática de Saúde

23.1. O profissional biomédico está apto a atuar nos segmentos dos Sistemas de Informação em Saúde, Prontuário Eletrônico do Paciente, Telemedicina, Sistemas de Apoio à Decisão, Processamento de Sinais Biológicos, Processamento de Imagens Médicas, Internet em Saúde, Padronização da Informação em Saúde.

24. Hematologia

24.1. O profissional habilitado em Hematologia realiza as análises hematológicas pré e pós-transfusionais, análises para o diagnóstico clínico e desenvolvimento de pesquisas.

25. Farmacologia

25.1. Permite que o profissional Biomédico realize estudos sobre os efeitos dos fármacos no organismo humano e suas interações com outras substâncias a partir do estudo de suas propriedades físicas, químicas e bioquímicas para o desenvolvimento de novos medicamentos.

26. Auditoria

26.1. Relatórios técnicos e pareceres e análise de produtos alimentares para verificação de sua qualidade.

27. Histotecnologia Clínica

27.1. Estará apto a processar amostras histológicas (fragmento de tecido humano produto de biópsia) para análise macroscópica, imunohistoquímica, citoquímica e molecular, firmando os respectivos laudos.

28. Microbiologia

28.1. Esta habilitação visa a identificação de microrganismos (bactérias, fungos, vírus e parasitas) para o diagnóstico clínico e desenvolvimento de pesquisas.

29. Monitoramento Neurofisológico Transoperatório

29.1. É atribuição dos Profissionais Biomédicos, atuar sob supervisão médica no Monitoramento Neurofisiológico Transoperatório, operando equipamentos específicos para a atividade e utilizando métodos eletrofisiológicos como eletroencefalografia, eletromiografia e potenciais evocados para monitorar a integridade de estruturas neurais específicas durante as cirurgias.

30. Patologia Clínica (Análises Clínicas)

30.1. O profissional habilitado em análises clínicas tem competência para coletar amostras e realizar todos os tipos de exames de Análises Clínicas, como os processamentos de sangue, análises pré e pós-transfusionais, bem como a análise dos demais fluidos corporais, emitir e assinar os respectivos laudos.