Abordagem ao paciente diabético

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Abordagem ao paciente diabético by Mind Map: Abordagem ao paciente diabético

1. Características do paciente

1.1. Estilo de vida

1.2. Comorbidades

1.3. Características clínicas

1.4. Questões emocionais

1.5. Contexto cultural/socioeconômico

2. Fatores para a escolha do tratamento

2.1. HbA1C alvo individualizado

2.2. Impacto no peso e hipoglicemia

2.3. Efeitos colaterais das indicações

2.4. Posologia e forma de administração

2.5. Acessibilidade e custo

3. Plano terapêutico em acordoo (SMART)

3.1. Específico, mensurável, alcançável, realístico, tempo limitado.

4. Avaliação do paciente diabético

4.1. Avaliação médica

4.1.1. Inicial (primeira consulta)

4.1.2. Retorno (rotin/seguimento)

4.1.3. Retorno (visita anual)

4.2. Passado médico e história familiar

4.2.1. História do DM

4.2.2. História familiar

4.2.3. História pessoal/comorbidades associadas

4.2.4. Se teve mudanças no intervalo de visita ao médico

4.3. Hábitos de vida

4.3.1. Alimentação

4.3.2. Atividade física

4.4. Medicações e vacinação

4.4.1. Forma correta e adesão

4.4.2. Efeito colateral relacionado

4.4.3. História vacinal

4.5. Uso da tecnologia

4.5.1. Paciente faz buscas sobre sua própria condição

4.6. Ambiente e habilidades de auto-cuidado

4.6.1. Condições psicosociais

4.6.2. Considerar prejuízos cognitivos

4.7. Exame físico

4.7.1. Completo, PA (ortostática), avaliação dos pés

4.8. Avaliação laboratorial

4.8.1. Monitorização da glicemia

4.8.2. Perfil lipídico

4.8.3. Função hepática e renal

4.8.4. Tireóide

4.8.5. B12

4.8.6. Potássio sérico

5. Imunização recomendada

5.1. Influenza

5.2. Hepatite B

5.3. Pneumocócica

6. Doenças autoimunes

6.1. Tireoidianas

6.2. Celíaca

7. Condições associadas

7.1. Doença hepática gordurosa não alcoólica

7.1.1. Paciente com DM ou pré-DM com ALT (aspartato transaminase) elevada apresenta maior risco da condição e fibrose hepática

7.2. Baixa testosterona em homens

7.2.1. Se apresentam sintomas ou sinais de hipogonadismo = Triagem com nível de testosterona sérico

7.3. Doença periodontal

7.3.1. Mais prevalente em pacientes com DM

7.3.2. Associada a níveis mais elevados de HbA1C