Farmacognosia: Da Planta Ao Medicamento

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Farmacognosia: Da Planta Ao Medicamento by Mind Map: Farmacognosia: Da Planta Ao Medicamento

1. Voláteis A quente

2. Hidrodestilação: o material vegetal é embebida durante algum tempo em água, após o que a mistura é aquecida e materiais voláteis são levados no vapor, condensado e separado.

3. Voláteis A frio

4. Extração por supercritico: É o melhor método para extração industrial de óleos voláteis.  Permite recuperar os aromas naturais de vários tipos e não somente óleo volátil. 

5. Extração em soxhelt: extrai sólidos/óleos fixos com solventes voláteis. A droga vegetal entra em contato com o solvente renovado, fazendo o uso do aparelho de soxhelt.

6. Xilema, tecido morto que conduz seiva bruta.

7. Floema, tecido morto de condução de seiva elaborada.

8. Possui três camadas: Felogênio, Feloderme e Súber.

9. Periderme tecido vivo de proteção. Somente em Gimnospermas e Angiospermas (Dicotiledôneas).

10. I.Cutícula: impermeabilização e economia hídrica. II. Estômatos: trocas gasosas III. Tricomas: retenção de água e proteção. IV. Hidatódios: gutação V. Glândulas: atração de polinizadores e proteção

11. Epiderme, tecido vivo de revestimento e proteção.

12. Esclrênquima(t. morto). Rico em lignina, confere dureza e resistência a planta.

13. Colênquima (vivo) Resistência e flexibilidade aos órgãos da planta.

14. De reserva: Amilífero: reserva amido Aquífero: reserva água Aerífiero: reserva gases

15. De preenchimento, preenche espaços no tecido.

16. Clorofiliano, possui cloroplastos e faz fotossíntese.

17. Parênquima, tecido de preenchimento com grandes vacúolos.

18. Tecidos vegetais/Histologia vegetal

19. Meristema primário: crescimento vertical

20. Meristema secundária: crescimento em espessura.

21. Tecidos Meristematicos: células indeferenciada s com grande capacidade de divisão celular.

22. Medicamento fitoterápico: são medicamentos obtidos com o emprego exclusivo de matérias primas ativas vegetais.

23. Enfloração: extrai sólidos/óleos fixos com solventes voláteis, consiste em colocar camadas das pétalas de flores frescas sobre cera em uma placa de vidro.

24. Prensagem:empregado para extrair óleo volátil de  frutos.

25. Extração por solvente: extração de substâncias lipofilicas + substância voláteis.

26. Extração do refluxo: material vegetal é extraído com um solvente em ebulição em um balão, acoplado a um condensador, de forma que o solvente evaporado durante o processo seja recuperado e retorne em conjunto.  

27. Decocção: a matéria prima fica em contato com líquido extrator em um processo de ebulição.

28. A quente

29. Turbo extração

30. Percolação:consiste na passagem contínua do líquido extrator no interior de um percolador, arrastando com ele os ativos de interesse presente na matéria prima vegetal.

31. Maceração:consiste em deixar a droga(seca e pulverizada) em contato com o solvente, em frasco bem fechado, ao abrigo da luz, à temperatura ambiente, por um período de tempo relativamente longo (48-72 h).

32. Extração a frio

33. Enxertia:processo pelo qual se faz a união íntima entre duas plantas de maneira que se cria uma interdependência na qual uma não pode sobreviver sem a outra.

34. Divisão de touceira:O caule emite brotações laterais, surgindo filhotes idênticos à mãe. Estes filhotes devem ser cortados com uma faca afiada e cada pedaço irá constituir novas plantas ou brotações.

35. Mergulhia:Consiste em mergulhar um ramo no solo, sem separá-lo da planta mãe, com a finalidade de o mesmo regenerar um novo sistema radicula r para depois ser separado.

36. A alporquia é um método de propagação em que se faz o enraizamento de um ramo ainda ligado à planta matriz (parte aérea), que só é destacado da mesma após o enraizamento.

37. Propagação das plantas.

38. Estaquia :utiliza um fragmento da planta, visando regenerar as partes faltantes da planta.

39. Propagação sexuada: realizada com o uso de sementes da planta de interesse. Consiste na coleta, seleção e armazenamento das sementes, seguido do plantio e cultivo.

40. Medicamento: forma farmacêutica acabada, contendo o princípio ativo ou fármaco, apresentado em variadas formas farmacêuticas.

41. Matéria prima vegetal,compreende a planta medicinal, a droga vegetal ou o derivado vegetal.

42. Insumo farmacêutico ativo vegetal, matéria prima ativa vegetal, utilizada na fabricação de um fitoterápico.

43. Fármaco é a substância principal da formulação do medicamento, responsável pelo efeito terapêutico.

44. Droga: planta medicinal, ou suas partes que contenham as substâncias pela ação terapeutica após alguns processos.

45. farmacognosia é a ciência que estuda matérias-primas de origem natural (vegetal, animal, mineral ou de origem microbiológica).

46. Princípio ativo é a substância com atividade farmacológica.

47. Propagação assexuada é feita a partir de partes germinativas da planta matriz. Utilizada para plantas que não possuem sementes.

48. Métodos de extração.

49. Infusão: extração ocorre com água fervente em contato com a droga vegetal a um tempo determinado. É aplicada em estruturas moles do vegetal.

50. Célula vegetal difere da célula animal, possui parede celular, vacúolos, cloroplas, plastideos e é maior no tamanho.