Sistema circulatório

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Sistema circulatório by Mind Map: Sistema circulatório

1. Anatomia interna do coração

1.1. .

2. Anatomia externa do coração

3. Na posição anatômica o coração possui quatro faces: face esternocostal, face diafragmática e faces pulmonares.

4. Sulco interventricular anterior e posterior: disposto entre os ventrículos, anteriormente e posteriormente.

5. Sulco coronário: disposto entre os átrios e ventrículos;

6. Atrito Esquerdo, Atrito direito, ventriculo esquerdo e direito.

6.1. .

7. Estrutura: Atrios e ventriculos

7.1. Lâmina visceral do pericárdio seroso (epicárdio);

7.2. Miocárdio: músculo estriado cardíaco;

7.3. Endocárdio: camada interna constituída de endotélio, que é contínua às valvas e aos vasos sanguíneos

8. O coração está localizado no tórax, entre os pulmões (região do mediastino)

9. Pericárdio é uma membrana que envolve o coração.

9.1. fibrosa: pericárdio fribroso, é uma camada ímpar que contém e fixa o coração no centro tendíneo do diafragma.

9.2. Serosa: pericárdio seroso, possui camada dupla (semelhante a um saco) em cujo interior está localizada a cavidade pericárdica, que é preenchida por uma pequena quantidade de líquido pericárdico produzido pela própria serosa. Esse líquido permite movimento livre de atrito entre as lâminas serosas

10. Na circulação pulmonar, o sangue chega ao átrio direito pelas veias cavas (superior e inferior). O átrio direito contrai e propele o sangue em direção ao ventrículo direito, onde se inicia a circulação pulmonar. O sangue ejetado pelo ventrículo direito percorre o tronco pulmonar. Essa artéria se divide em artéria pulmonar direita e artéria pulmonar esquerda, as quais conduzem o sangue com baixa concentração de oxigênio e alta concentração de dióxido de carbono para os pulmões. Nestes, o sangue é oxigenado e a maior parte do dióxido de carbono é drenada: esse processo é denominado hematose. Assim, o sangue retorna ao coração rico em oxigênio, por meio das veias pulmonares, que por sua vez desembocam no átrio esquerdo, concluindo a circulação pulmonar.

11. Na circulação sistêmica, o sangue que chega ao átrio esquerdo flui para o ventrículo esquerdo, onde se iniciará a circulação sistêmica. A contração do ventrículo esquerdo ejeta o sangue para a aorta, que distribui sangue oxigenado para todo o corpo, permitindo também a troca de diversas outras substâncias. Após a passagem pelas artérias e capilares, o sangue retorna ao coração por meio das veias cavas e alcança o átrio direito, onde cessa a circulação sistêmica.

12. O coração possui uma irrigação vasta dada a sua atividade ininterrupta e essencial para a manutenção da vida. Os vasos que irrigam suas estruturas são chamados artérias coronárias e são os primeiros ramos da aorta. Lá emergem duas coronárias (direita e esquerda), que trafegam no sulco de mesmo nome. A artéria coronária direita irriga o átrio e o ventrículo direitos e origina o ramo interventricular posterior, no sulco de mesmo nome. A artéria coronária esquerda divide-se em ramo interventricular anterior, que percorre o sulco de mesmo nome, e ramo circunflexo, que segue pelo sulco coronário até a face posterior do coração (Fig. 4.2). Esses ramos nutrem a maior parte do átrio e do ventrículo esquerdos e o septo interventricular. As veias do coração acompanham as artérias coronárias. Todas confluem para um grande seio venoso na parte posterior do sulco coronário, no nível da região atrioventricular esquerda: o seio coronário. A partir do seio coronário o sangue venoso do coração é drenado para o interior do átrio direito.

13. Coração

13.1. Complexo Estimulantes

13.1.1. O nó sinoatrial gera o impulso nervoso, que é passado para o nó atrioventricular e por fim para o fascículo atrioventricular. O miocárdio é o nome dado a musculatura cardíaca.

14. Circulação pulmonar

15. Circulação sistêmica

16. Irrigação do coração