Testes e Qualidade na Strongstep

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Testes e Qualidade na Strongstep by Mind Map: Testes e Qualidade na Strongstep

1. Ferramentas

1.1. Integração Contínua

1.1.1. Bamboo

1.1.1.1. Custo

1.1.1.1.1. 10$/mês

1.1.1.2. Porquê?

1.1.1.2.1. Simplicidade de utilização

1.1.1.2.2. Integração com Bitbucket

1.1.1.2.3. Funcionalidades

1.1.1.2.4. Excelente relação preço/qualidade

1.1.1.2.5. Usabilidade e UX

1.1.2. Jenkins

1.1.2.1. Custo

1.1.2.1.1. Grátis!

1.1.2.2. Porquê?

1.1.2.2.1. Grátis e fácil de usar

1.1.2.2.2. Suportar diversos plugins

1.2. Controlo de Versões

1.2.1. Repositório Git Bitbucket

1.2.1.1. Custo

1.2.1.1.1. Grátis!

1.2.1.2. Porquê?

1.2.1.2.1. Visualizador de diffs

1.2.1.2.2. Code review com comentários

1.2.1.2.3. Wiki

1.2.1.2.4. Hooks

1.2.1.2.5. Snippets

1.2.1.2.6. Sem custo de manutenção

1.2.1.2.7. Seguro e fiável

1.2.1.2.8. Pull Requests

1.2.1.2.9. Grátis para Empresas de até 5 developers

1.2.1.2.10. Usabilidade e UX

1.2.1.2.11. Custo de mudança=0

1.2.2. Cliente Git Sourcetree

1.2.2.1. Custo

1.2.2.1.1. Grátis!

1.2.2.2. Porquê?

1.2.2.2.1. Fácil de usar

1.2.2.2.2. Integração com o Bitbucket

1.2.2.2.3. Usabilidade e UX

1.3. Desenvolvimento

1.3.1. Web

1.3.1.1. Rubymine

1.3.1.1.1. Custo

1.3.1.1.2. Porquê?

1.3.2. Mobile

1.3.2.1. Android Studio

1.3.2.1.1. Custo

1.4. Comunicação

1.4.1. Slack

1.4.1.1. Custo

1.4.1.1.1. Grátis!

1.4.1.2. Porquê?

1.4.1.2.1. Matar emails

1.4.1.2.2. Integração com Código

1.4.1.2.3. Salas de Chat

1.4.1.2.4. Produtividade!

1.4.1.2.5. Feito especialmente para empresas de desenvolvimento de Software

1.5. Documentação de APIs

1.5.1. Apiary

1.5.1.1. Custo

1.5.1.1.1. Grátis!

1.5.1.2. Porquê?

1.5.1.2.1. Documentação de APIs REST mais eficaz e fácil

1.5.1.2.2. Fácil de usar

1.5.1.2.3. Prototipagem

2. Testes

2.1. Code Review

2.1.1. Benefícios

2.1.1.1. Validação da qualidade interna

2.1.1.2. Obriga a escrever código legível

2.1.1.3. Todos os membros sabem o que acontece no projeto

2.1.1.4. Mais bugs são encontrados

2.1.2. Processo

2.1.2.1. No branch Dev ao fim de todos os sprints, faz-se code review no Bitbucket e coloca-se os comentários mais convenientes

2.2. Testes unitários

2.2.1. TDD

2.2.1.1. Benefícios

2.2.1.1.1. Validação da qualidade externa

2.2.1.1.2. Custo de manutenção de código menor

2.2.1.1.3. Código modular

2.2.1.1.4. Documentação

2.2.1.2. Processo

2.2.1.2.1. Adicionar o teste

2.2.1.2.2. Correr os testes e ver que falha

2.2.1.2.3. Implementar

2.2.1.2.4. Correr todos os testes e verificar que passa

2.2.1.2.5. Refactoring

2.2.1.3. Vídeos

2.2.1.3.1. https://www.youtube.com/watch?v=HhwElTL-mdI

2.3. Testes de Aceitação

2.3.1. User Centered Design

2.3.1.1. Envolver os utilizadores finais no processo de desenvolvimento

2.4. Testes de Sistema

2.4.1. Selenium

3. Gestão de Projetos

3.1. SCRAIM

4. Onboarding

4.1. O que é?

4.1.1. Consiste em definir uma estratégia para receber novos Engenheiros de Software de maneira a que atinjam o máximo de produtividade o mais cedo possível.

4.2. Processo

4.2.1. Instalar ferramentas de desenvolvimento

4.2.2. Aprender convenções de desenvolvimento

4.2.3. Aprender processo de desenvolvimento: SCRUM

4.2.4. Aprender regras de Segurança da Strongstep

4.2.5. Estabelecer meios de comunicação

5. Como?

5.1. Fazer uma apresentação