Tudo sobre o Pixel do Facebook Ads

Saiba tudo sobre o Pixel do Facebook, suas funcionalidades e características.

Kom i gang. Det er Gratis
eller tilmeld med din email adresse
Tudo sobre o Pixel do Facebook Ads af Mind Map: Tudo sobre o Pixel do Facebook Ads

1. 3- Aprenda com seus clientes

1.1. Com o pixel do Facebook, uma empresa pode monitorar as ações dos clientes em um site, como a quantidade de pessoas que clicam no site ou adicionando produtos a um carrinho, além de entender as ações que resultam diretamente de seus anúncios. Uma empresa pode então adaptar e otimizar sua estratégia e tomar decisões informadas com base nesses dados.

1.1.1. Quando uma ação ocorre em um site (por exemplo, quando alguém adiciona um item a um carrinho de compras), o pixel do Facebook é ativado e registrado como uma ação, também conhecido como evento.

2. 4- Tipos de eventos

2.1. Existem dois tipos diferentes de eventos que você pode configurar: eventos padrão e eventos personalizados .

2.1.1. Eventos padrão

2.1.1.1. Os eventos padrão são ações que o Facebook reconhece e oferece suporte em todos os produtos de publicidade. Se você adicionar o código apropriado a um site, você pode usar esses eventos para registrar conversões, otimizar para conversões e construir públicos.

2.1.1.1.1. Quais são os eventos padrão?

2.1.2. Eventos Personalizados

2.1.2.1. Se os eventos padrão predefinidos não forem adequados para empresas, eles podem criar seus próprios eventos personalizados. Os eventos personalizados permitem que você rastreie qualquer página do site que não seja coberta por eventos padrão no Facebook como uma conversão, como rastreamento de rolagem ou tempo gasto em uma página.

3. 5- Configurar conversões personalizadas

3.1. Você também pode acompanhar as ações do cliente com conversões personalizadas. As conversões personalizadas permitem que você defina regras para eventos padrão existentes ou URLs específicos para medir mais ações do cliente, sem adicionar qualquer código ao seu site.

3.1.1. A conversão customizada mais comum é uma conversão customizada baseada em URL. Isso significa que você pode criar uma conversão personalizada que rastreia as pessoas que visitam uma página específica em um site.

3.1.1.1. Por exemplo, se uma empresa tiver um pixel em seu site, mas não tiver acesso para adicionar código de evento padrão, ela ainda poderá criar uma conversão personalizada para rastrear pessoas que acessam URLs específicos sem ajustar nenhum código.

4. 6- Adicione eventos sem adicionar código

4.1. Com a ferramenta de configuração de evento no Gerenciador de eventos, as empresas podem adicionar eventos e parâmetros sem fazer alterações no código. A ferramenta de configuração de eventos pode localizar e sugerir eventos com base no texto do botão em seu site que corresponde a nomes de eventos padrão do Facebook.

5. 2- Como o pixel rastreia ações de usuários?

5.1. Etapa 1. Uma pessoa visita o site.

5.1.1. Etapa 2. O pixel é ativado quando essa pessoa realiza uma ação no site, como clicar em uma página ou fazer uma compra.

5.1.1.1. Etapa 3. O pixel usa identificadores hash para combinar as pessoas que visitam o site com as pessoas no Facebook.

5.1.1.1.1. Etapa 4. Vc agora pode medir o impacto direto que seus anúncios tiveram nas conversões do site e usar essas informações de público para retargeting posteriormente.

6. 1- O que é e para que serve?

6.1. O pixel do Facebook pode ser uma ferramenta poderosa para empresas interessadas em otimizar seus gastos com publicidade, criando públicos com maior intenção de direcionar seus anúncios e medindo as ações dos clientes em um site ou de interações no Facebook.

6.1.1. O pixel é um pequeno trecho de código que é adicionado a um site, onde recebe informações sobre as ações que as pessoas realizam no site ou no Facebook, como visualizar um produto, adicionar um item a um carrinho de compras ou simplesmente se inscrever num formulário e se tornar um Lead.

6.1.1.1. Você pode usar o pixel para ajudar:

6.1.1.1.1. Verifique se seus anúncios estão sendo exibidos para as pessoas certas.

6.1.1.1.2. Construir públicos de publicidade.

6.1.1.1.3. Desbloqueie ferramentas adicionais de publicidade do Facebook.

7. 7- Reconecte-se com clientes novos e existentes

7.1. Quando as empresas têm o pixel instalado, elas podem usar as informações coletadas para se reconectar com pessoas que já demonstraram interesse em seus negócios, bem como para encontrar novos públicos relevantes. Para fazer isso, eles podem criar públicos personalizados e públicos semelhantes a partir dos dados de pixel e usá-los para segmentação em campanhas futuras.

7.1.1. Etapa 1. Uma pessoa visita o site da Empresa com o pixel do Facebook instalado.

7.1.1.1. Etapa 2. A pessoa abre o formulário, mas não conclui o preenchimento.

7.1.1.1.1. Etapa 3. O pixel é ativado quando o prospect preenche as informações do formulário e registra a ação ou simplesmente abre a pagina do formulário.

8. 8- API de Conversão

8.1. A API de conversão do Facebook é uma ferramenta que permite aos anunciantes coletar dados usando o rastreamento do servidor em vez do rastreamento do navegador. Se você está familiarizado com os eventos do lado do servidor do Facebook, esse conceito lhe parecerá familiar. A API de conversões do Facebook é simplesmente uma nova versão dos eventos do lado do servidor.

8.1.1. A API de conversão tem como objetivo preservar a qualidade dos dados e apoiar seus esforços para respeitar a privacidade, criando caminhos de dados mais confiáveis ​​entre o Facebook e os dados do lado do servidor usando um método chamado de hashing de dados, que envolve a transformação em código aleatório para sua proteção.

8.1.1.1. API é uma Interface de Programação de Aplicativo (API) é uma ferramenta que permite que dois programas compartilhem dados. No contexto da API de conversões do Facebook, isso permite que as conversões do seu site sejam relatadas através do Facebook