Teoria Interacional

시작하기. 무료입니다
또는 회원 가입 e메일 주소
Teoria Interacional 저자: Mind Map: Teoria Interacional

1. Objetivo

1.1. É delinear uma maneira de pensar sobre os meios de comunicação e sua conexão com as formas de ação e interação que podem ser desenvolvidas e revisadas à medida que as tecnologias de comunicação evoluem.

2. Interação mediada

2.1. Cada palco tem seus próprios bastidores e na interação mediada cada participante tem que gerenciar a fronteira entre o palco.

2.2. é estendida no espaço

2.3. é de um para um

2.4. Os sites e redes sociais (SRS)

2.4.1. são plataformas multifacetadas que combinam diferentes recursos e aplicativos para permitir que os usuários se comuniquem e interajam com os outros de maneiras variadas.

2.5. Organização social

2.5.1. Cada palco tem seus próprios bastidores e na interação mediada cada participante tem que gerenciar a fronteira entre o palco.

3. Quase interação mediada

3.1. chamada de comunicação de massa

3.2. é de um para muitos

3.3. Organização social

3.3.1. Existe um contexto de produção em que há um palco e regiões periféricas, e há uma pluralidade de contextos de recepção espacialmente dispersos, cada um deles com suas próprias regiões frontal e de fundo

4. Interação mediada online

4.1. criando uma rede em constante expansão de relacionamentos sociais caracterizada por graus variados de familiaridade,

4.2. é de muitos para muitos

4.3. Organização social

4.3.1. Cada região frontal tem sua própria região periférica e cada participante da interação tem que gerenciar a fronteira entre elas. A interação é dialógica e cada indivíduo está ligado a outros em uma rede que envolve múltiplos participantes.

5. Conclusão

5.1. Hoje vivemos em uma época de alta visibilidade midiática, o que significa que a vida política agora se manifesta em um ambiente de informação, com a capacidade de revelar e esconder situações políticas. E isso, seria algo muito mais difícil de controlar, criando uma arena permanentemente instável, com vazamentos, revelações e etc. E nesse aspecto, a revolução digital, só reafirmou o quão somos frágeis a essa arena é agora