BIOMECÂNICA DO MÚSCULO ESQUELÉTICO

Laten we beginnen. Het is Gratis
of registreren met je e-mailadres
BIOMECÂNICA DO MÚSCULO ESQUELÉTICO Door Mind Map: BIOMECÂNICA DO MÚSCULO ESQUELÉTICO

1. 7. ESTABILIZADOR - Desempenhado por um músculo que atua estabilizando uma parte do corpo contra alguma outra força

2. 5. ANTAGONISTA - Situado no lado oposto da articulação, suas ações se opõem a esse movimento particular

3. 8. NEUTRALIZADOR - Desempenhado por um músculo que atua eliminando uma ação indesejada produzida por um agonista

4. 2. Célula muscular

5. 1. Conjunto de miofibrilas

6. 1-PROPRIEDADES COMPORTAMENTAIS

6.1. 1. - Extensibilidade

6.2. 2. - Elasticidade

6.3. 3. - Irritabilidade

6.4. 4. - Capacidade de produzir tensão

7. 1.2- EXTENSIBILIDADE E ELASTICIDADE

7.1. - A extensibilidade é a capacidade de ser alongado ou de aumentar de tamanho, e a elasticidade é a capacidade de retornar ao tamanho inicial após o estiramento.

8. 1.3- IRRITABILIDADE E CAPACIDADE DE PRODUZIR TENSÃO

8.1. - A irritabilidade, é a capacidade de responder a um estímulo. A produção de tensão por um músculo é chamada de contração. A contratilidade é a capacidade de diminuir o comprimento

9. 3- FIBRAS MUSCULARES

9.1. 3. Endomísio= Fascíclo

9.2. 4. Conjunto de fibras musculares

9.3. 5. Envolvido pelo perimísio

9.4. 6. Formato alongado

10. 2- FILAMENTO DEE MIOFIBRILA

10.1. 1. Formado por miosina e actina

10.2. 2. junção dos filamentos proteicos

10.3. 3. Sarcômero

11. 4- EPIMÍSIO (FÁSCEA MUSCULAR)

11.1. 1. Reveste todos os fasciclos

11.2. 2. Protege os músculos

11.3. 3. Evita o atrito dos músculos

12. 5- TIPOS DE FIBRAS

12.1. 1. Fibra de contração rápida (CR) - Fibra que alcança o pico de tensão de modo relativamente rápido

12.2. 2. Fibra de contração lenta (CL) - Fibra que alcança o pico de tensão de modo relativamente lento

13. 6- CLASSIFICAÇÃO DOS MÚSCULOS QUANTO A FORMA E DISPOSIÇÃO DAS FIBRAS

13.1. 1. MÚSCULO CIRCULAR - Fibras no formato circular

13.2. 2. MÚSCULO LARGO - As fibras estão convergindo para um ponto

13.3. 3. MÚSCULO PARALELOS - Fibras paralelas

13.4. 4. MÚSCULOS UNIPENADOS - Formato de pena - Fibras oblíquas - Fibras em UM lado

13.5. 5. MÚSCULOS BIPENADOS - Formato de pena - Fibras oblíquas - Fibras nos DOIS lados

13.6. 6. MÚSCULO FUSIFORME - Largo no centro e fina nas extremidades

13.7. 7. MÚSCULOS MULTIPENADOS - Mais de três estruturas penadas

14. 7- FUNÇÃO DO MÚSCULO ESQUELÉTICO

14.1. 1. Para o músculo esquelético gerar movimento, o músculo precisa atravessar uma articulação

14.2. 2. Ficam presos aos ossos

14.3. 3. Músculos voluntários

15. 8- PAPÉIS DESENPENHADOS PELOS MÚSCULOS

15.1. 1. CONCÊNTRICA - Contração que causa encurtamento do músculo

15.2. 2. ISOMÉTRICA - Contração que não envolve mudança no comprimento muscular

15.3. 3. EXCÊNTRICA - Contração em que ocorre o alongamento do músculo

15.4. 4. AGONISTA - Contração responsável por um movimento particular

15.5. 6. SINERGISTA - Indiretamente auxiliam em determinado movimento, pois os músculos atuam em grupos

16. 9- FORÇA, POTÊNCIA E RESISTÊNCIA MUSCULAR

16.1. 1. FORÇA - A força muscular é tipicamente medida como uma função da capacidade coletiva de geração de força de um determinado grupo muscular funcional

16.2. 2. POTÊNCIA - A potência muscular é definida mais geralmente como a taxa de produção de torque em uma articulação

16.3. 3. RESISTÊNCIA - Capacidade de o músculo exercer tensão ao longo do tempo

17. REFERENCIA - Biomecânica Básica (autor: Susan J Hall)