Educação Popular e EJA do Campo

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Educação Popular e EJA do Campo por Mind Map: Educação Popular e EJA do Campo

1. Direitos

1.1. Educação

1.2. Liberdade

1.3. Emancipação

2. História da Educação

2.1. 1549- Alfabetização pela fé

2.2. 1759-Jesuítas expulos

2.3. 1827-Primeira Lei Geral

2.4. 1942-Necessidade de formar mão de obra

2.5. 1962-Contribuição de Paulo Freire p/ alfabetização de cortadores de cana

2.6. 1964- Paulo Freire é exilado

2.7. 1967- Criação do MOBRAL por militares

2.8. 1985- Extinção do MOBRAL

3. Formação da EJA no Brasil

3.1. Eram subjugados

3.2. Para o governo era um desperdiço investir nesta educação

3.3. História da EJA é recente no Brasil

3.4. Valorização da educação, porém com interesse em capacitação profissional

3.5. LDB 96- Ensino Supletivo para EJA

4. Movimentos Sociais

4.1. Caminhada pela Educação do Campo em julho de 1997

4.2. MST

4.3. I ENERA

4.4. UNICEF

4.5. UNESCO

4.6. CNBB

4.7. UNB

4.8. Escolas do campo, sindicatos, ONGs, associações

5. Formação geral do indivíduo

6. Novo caminho para a EJA no Brasil

6.1. Humanização do sujeito

6.2. Atender as especificidades dos educandos

6.3. Valorizar a cultura local

6.4. Desconstrução das bases do capital e do mercado.

7. Diálogo com os interesses da população camponesa

8. Discussão do processo de (re)construção da educação no Brasil

9. Educação do campo é também luta pela terra.

10. Sujeitos da EJA

10.1. Jovens e adultos que foram excluídos do direito à educação por suas condições de vida

10.2. Mulheres camponesas que foram mães cedo

10.3. Jovens que tiveram que trabalhar p/ ajudar na renda

10.4. São os que fazem a classe trabalhadora

10.5. Mulheres camponesas