Criptococose

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Criptococose por Mind Map: Criptococose

1. Etiologia

1.1. •Cryptococcus neoformans var. neoformans é cosmopolita, encontrado em ambientes relacionados a habitats de aves

2. epidemiologia

2.1. • Distribuição mundial

2.2. •Já foi encontrado no Brasil nas regiões Nordeste, Sudeste e Amazonas

3. reservatório

3.1. •pombos

4. fonte de infecção

4.1. •exposição a aves e suas excretas secas

5. vias de eliminação

5.1. •as fezes de aves

6. modo de transmissão

6.1. •aerógena, por inalação de partículas presentes em substratos secos

7. sinais clínicos nos humanos

7.1. • pneumonia, febre, dispneia, perda de peso, dor no peito e fraqueza

7.2. •cefaleia, letargia, perda de memória, meningite

8. diagnósticos

8.1. • Exame micológico

8.2. • Isolamento do patógeno em cultivo

8.3. • Histopatológico

8.4. •Citológico a partir de esfregaços

8.5. •Aglutinação de antígenos

9. profilaxia

9.1. •Não varrer a seco locais com fezes de aves secas

9.2. • Evitar acesso dos animais a locais com excretas de aves

9.3. • Lavar sucessivamente os locais sujos com fezes de pombas, e desinfetar com solução de hidróxido de cálcio ou de sódio

10. sinais clínicos em cachorros

10.1. •convulsões, opistótono, andar em círculos, paralisia facial, paraplegia, claudicação

10.2. •Lesões ulcerosas em pele e mucosa nasal e oral