MIOMA UTERINO

Начать. Это бесплатно
или регистрация c помощью Вашего email-адреса
MIOMA UTERINO создатель Mind Map: MIOMA UTERINO

1. DIAGNÓSTICO

1.1. PÉLVICO CLÍNICO

1.1.1. EX. BIMANUAL

1.1.2. MENORRAGIA

1.1.3. HIPERMENORREIA

1.1.4. ANEMIA

1.1.5. DOR EM PELVE

1.1.6. SINTOMAS OBSTRUITIVOS

1.1.7. DISFUNÇÃO REPRODUTIVA

1.2. IMAGEM

1.2.1. USG TV+VIA ABDOMINAL-padrão ouro

1.2.2. RMN

1.2.2.1. ÚTEROS GRANDES E MULTIPOS MIOMA

1.2.2.2. AUXILIA NO DIAG DIFERENCIAL

2. TRATAMNERTO

2.1. CIRÚGICO

2.1.1. HISTRECTOMIA-DEFENITIVAI .: PROLE COMPLE TA+SINT. SIGNIFICATIVOS+MUTIPLOS MIOMAS

2.1.1.1. HISTRECTOMIA VAGINAL-MELHOR

2.1.1.2. HISTERECT VAG. +LARAPAROSCOPIA

2.1.1.3. HSITRECT. ABDOMINAL

2.1.2. MIOMECTOMIA- INDIC: engravidar, mioma submucoso e intramural DESVANTAG: novos miomas oriundos de novos clones de miocítos anormais

2.1.2.1. TRANSABDOMINAL OU ABERTA

2.1.2.2. LAPARACOSPICA

2.1.2.2.1. COMPLCAÇÕES-CIRUGIA ABERTA

2.1.2.2.2. FISTULAS ÚTERO-PERITONEAIS

2.1.2.2.3. RUPTURAS UTERINAS -GESTAÇÃO SUBSEQUENTES

2.1.2.3. INLAPARATÔMICO

2.2. MEDICAMENTOSO

2.2.1. QDO HÁ CONTRAINDCAÇÃO CIRÚRGICAS

2.2.1.1. IBUPROFENO

2.2.1.2. PROGESTAGENOS

2.2.1.3. DIU LEVONORGESYTREL

2.2.1.4. DIU LEVONORGESYTREL

3. FATORES RISCO QUE >

3.1. NULÍPARA

3.2. MENARCA PRECOCE

3.3. MENOPAUSA TARDIA

3.4. ALCÓOL

3.5. ETNIA-MULHERES NEGRAS

3.6. CARNE VERMELHA

3.7. APF+GENÉTICA

4. FATORES QUE< RISCO

4.1. MUL´TIPARA

4.2. ACO

4.3. TABAGISMO

5. CLASSIFICAÇÃO

5.1. INTRAMURAL

5.1.1. DENTRO DA PAREDE UTERINA+DISTORCE A CAVID. UTERINA

5.2. SUBMUCOSO

5.2.1. CÉLS MIOMETRIAS+CRESCE PARA CAVID.UTERINA +MENORRAGIA

5.3. SUBSEROSO

5.3.1. SUPERF. SEROSA DO ÚTERO/BASE AMPLA OU PENDICULADO

6. DIAGNOSTICO DIFERENCIAL

6.1. ADENOMIOSE

6.1.1. F.R curetagem, cesária, miomesctomia- dispareunia, distenção abdominal infertilidade:

6.2. ENDOMETRIOSE

6.2.1. – Cólica intensa mesmo fora do período menstrual – Inchaço abdominal – Dor durante e após o sexo – Dor para urinar e evacuar – Intestino preso ou solto demais – Menstruação irregular – Dificuldade p/ engarvidar.

6.2.2. fatores de risco História familiar materna (↑ 7% o risco) Malformações uterinas. Menarca precoce. Ciclos menstruais curtos. Duração e volume do fluxo menstrual aumentada.

6.3. CA DE ENDOMETRIO

6.3.1. Hemorragias, manchas e corrimentos- entra as menstruações e após a menopausa. Dor pélvica e perda de peso- massa anormal na pelve

7. COMPLICAÇÕES

7.1. ANEMIA

7.2. ABORTOS

7.3. ROTURA DO ÚTERO

7.4. SANGRAMENTOS

7.5. COMPLICAÇÕES NAS GESTAÇÕES