A palavra "QUE"

马上开始. 它是免费的哦
注册 使用您的电邮地址
A palavra "QUE" 作者: Mind Map: A palavra "QUE"

1. O "que" pode pertencer a classes de palavras diferentes e ter, por isso, funções sintáticas diferentes.

2. Pronome

2.1. Interrogativo - quando substitui ou acompanha um nome em frases interrogativas diretas ou indiretas.

2.1.1. Ex. : 1.Que roupa eu ponho? 2. Que você disse?

2.2. Indefinido - quando acompanha substantivos e exerce função de adjunto adnominal.

2.2.1. Ex. : Que dinheiro gasto sem necessidade! [=quando(a)]

2.3. Relativo - quando une duas orações em um só período e substitui um termo anterior. É um conectivo e um pronome.

2.3.1. Ex. : Eu comprei o carro. O carro já quebrou. ➜ O carro que eu comprei já quebrou.

2.3.2. O pronome relativo "que" pode desempenhar as seguintes funções sintáticas:

2.3.2.1. Sujeito: Conheci o atleta que venceu a prova.

2.3.2.2. Obj. direto: O livro que li é ótimo.

2.3.2.3. Obj. indireto: Essa não é a prova de que precisávamos.

2.3.2.4. Predicativo: Ele não é mais o mesmo que era.

2.3.2.5. Complemento nominal: Consegui os mantimentos de que tinha necessidade.

2.3.2.6. Adj. adverbial: A cidade em que nasci é linda.

2.3.2.7. Agente da passiva: O médico por que fui atendido é excelente.

2.3.2.8. Aposto: Tu, que conheces a extensão do problema, deverias ser mais solidário.

3. Advérbio

3.1. - quando acompanha adjetivos ou outros advérbios e tem o valor de "quão".

3.1.1. Ex. : 1. Que imunda está a casa! 2. Que lindo está o dia!

4. Conjunção

4.1. - é um conectivo, une duas orações e não exerce nelas nenhuma função sintática.

4.2. Integrante - introduz uma oração subordinada substantiva. Pode ser substituída por um pronome substantivo, como: "isso", "aquilo", "algo".

4.2.1. Ex. : Eu quero que você me faça um favor.

4.3. Subordinativa adverbial - introduz orações adverbiais, apresentando circunstâncias. Geralmente é parte de uma locução, mas pode aparecer sozinha.

4.3.1. Causal: Não comprei os remédios que estava sem receita. [=porque]

4.3.2. Comparativa: Você come mais que ela.

4.3.3. Concessiva: Mentirosos que sejam, merecem uma segunda chance. [=embora]

4.3.4. Condicional: Não vou ao teatro hoje. mas, que fosse, não o levaria comigo. [=se]

4.3.5. Conformativa: Na vida dele, que eu saiba, só há pessoas interesseiras. [=conforme]

4.3.6. Consecutiva: Você reclama tanto que afasta todos de si.

4.3.7. Final: Tentei acalmá-lo que não fizesse escândalo. [=para que]

4.3.8. Temporal: Decifrados que foram os enigmas, tudo voltou ao normal. [=quando foram decifrados os enigmas]

4.3.9. Proporcional: À medida que vou lendo, fico mais emocionada. [o que só em locução]

4.4. Coordenativa - une orações coordenadas, dando noção de adição, explicação, oposição e alternância.

4.4.1. Aditiva - aparece entre dois verbos e pode ser substituída por "e".

4.4.1.1. Ex. : 1. Outra que não eu irá ao encontro de Abelardo. [também é = mas] 2. Um que outro médico sempre esconde a verdade a seus pacientes. [também é =ou]

4.4.2. Explicativa - pode ser substituída por "pois", "porque".

4.4.2.1. Ex. : Leve o agasalho, que vai esfriar.

5. Substantivo

5.1. - função sintática a ser analisada dentro do contexto em que estiver.

5.1.1. Quando designa o nome da letra.

5.1.1.1. Ex. : "Quilo" se escreve com "quê".

5.1.2. Com sentido de "algo", "um certo ar de".

5.1.2.1. Ex. : Essa mulher tem um quê de nobre.

5.1.3. Obs. : nesses casos, é sempre acentuado.

6. Interjeição

6.1. - é sempre acentuado e exprime espanto, admiração.

6.1.1. Ex. : Quê?! Você vai desistir de tudo?

7. Preposição

7.1. - liga os verbos de uma locução verbal e é equivalente à preposição "de". É um conectivo.

7.1.1. Ex. : Eu tinha que falar com você.

8. Partícula expletiva ou de realce

8.1. - quando é apenas um recurso expressivo e pode ser retirado da estrutura sintática sem comprometer o sentido. Pode vir na forma de "é que".

8.1.1. Ex. : 1. Há um ano que não o vejo. 2. Quem é que vai jogar?